Páginas

sábado, 24 de março de 2012

Lado á lado

         Vocês faz parte da minha viagem
         Eu lhe carrego em minha bagagem,
         em qualquer parte que estou.
         Desde a primeira vez,
         num simples  toque se fez,
         a magia que quero contar.
         Foi a planta, foi ela sim.
         Não fez nenhum mal a mim,
         apenas tudo me mostrou,
         e vi que em tudo você estava






         Nova visão, nova fé.
         Não estou mais a pé.
         Hoje sei quem você é.









         Quero lhe contar,
         como é estar lá,
         olhando o lado de cá,
         com ar de observador.
         Sou um fio condutor,
         ligado para o teu bem.
         Você diz: o que é que tem?
         E sinto tua voz lá longe.
         O medo ainda lhe esconde.
         Há uma barreira em tua mente,
         igual a que eu derrubei,
         naquela noite diferente,
         a da Estrela Cadente,
         em que até hoje eu acredito.
          
          Não quero assim lhe pedir,
          que tu sejas como eu sou,
          nem que vás aonde eu vou,
          ás vezes perto do limite.
          Lado a lado.
          Vamos sair lado a lado.
           Há um mapa já traçado.
          É hora de prosseguir.
          Não vamos nos reprimir,
          num mundo de um lado só.

                                                                   Cesar  S. Farias

2 comentários:

Vanessa Gaia...Mãe Terra, Estamos Aqui...Sonhos disse...

Linda postagem amigo, e belas palavras, você escreve muito bem, bem você já sabe disso, tenha um lindo final de semana, e beijos na família Farias hein....

Dioceli disse...

Quando me deste esse poema me emocionei tanto quato agora relendo ele mais uma vez obriga da cesar por estar em minha vida ,as vezes o dia a dia nos faz esquecer dessas coisas lindas que já vivemos e que ainda iremos viver lado a lado.Te amo, Dioceli.